quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Bloodletting, Anne Rice & Lord A:. - Songs for Vampyres

Fotografia de Fernanda Menezes
* Raramente assistimos um encontro perfeito entre a literatura autoral e a música pop.Um grande momento destes encontros foi Leonard Cohen e sua música First we take Manhatan...Mas no gênero Vamp - sem dúvida o melhor encontro destas encruzilhadas noturnas foi a música "Bloodletting - the vampire song" da banda Concrete Blondie... 


 Um texto de Lord A:. 


 ...totalmente inspirada e embalada pelas "Crônicas Vampirescas" de Anne Rice esta música nos conduz ao lado do Vampiro Lestat em suas andanças sombrias por New Orleans - capital mundial dos Vamps e do Voodoo.Tudo isso quase uma década antes do pobre Lestat vira ícone de new-metal como na produção "Queen of Damned" (nada contra a produção e sua trilha sonora - gosto em especial de Forsaken e the Redeemers - mas lá nos anos 80 quando  os livros Vampiro Lestat e Rainha dos Condenados foram escritos - o tal possuía uma banda de Hard Rock).Colecionadores de verdade da obra de Rice devem se recordar da ilustração da banda pintada por Daerik Gross na adaptação para os quadrinhos do livro de Anne Rice.

Desde o ano de 2011 a própria Anne Rice começou a alardear possibilidades de uma nova adaptação cinematográfica.Inclusive sugeriu que iria adorar se Lestat fosse interpretado por Robert Downey Jr - o que rendeu uma ilustração bem legal e que enviei para ela e a própria Anne Rice amou! Enfim, quem me conhece sabe da minha devoção por Lestat e até mesmo um Theatro dos VampiroS criei por conta disso no pasado.Então compartilho hoje uma série de imagens inspiradas na canção "Bloodletting the Vampire Song" - fotografadas no aniversário do Club Dominna no Café Uranus, onde fui um dos Djs especialmente convidados para a noite.As fotos são da Fernanda Menezes e as Personae Dramaticae  foram Eu e minha amada Srta Xendra.



There's a crack in the mirror
And a bloodstain on the bed -
There's a crack in the mirror
And a bloodstain on the bed -
O you were a vampire and baby
I'm walking dead
O you were a vampire and baby
I'm walking dead


I got the ways and means
To New Orleans
I'm going down by the river
Where it's warm and green
I'm gonna have a drink, and walk around
I got a lot to think about oh yeah



There's a rocking chair by the window
Down the hall
I hear something there in the shadow
Down the hall
O you were a vampire and now I am
Nothing at all
O you were a vampire and now I am
Nothing at all



They used to dance in the garden in the
Middle of the night
They used to dance in the garden in the
Middle of the night
O you were a vampire
And I may never see the light
O you were a vampire
And I may never see the light


Saboreie também...

Outras postagens interessantes